Como Fazer Marketing Pessoal?

OPINIÃO: A Internet Que Temos De Salvar


Como anunciei pela semana passada, nessa série de postagens compartilharei com vocês o procedimento que eu mesmo segui pra modificar o meu blog pra um domínio respectivo. Antes de mostrar o “passo a passo”, vou pôr alguns pontos teóricos pra auxiliá-lo a tomar essa decisão. Depois de ler esse artigo, você perceberá as vantagens e desvantagens que existem nesta transformação, pra avaliar se tem que fazer isto também em seu web site.


Antes de começar http://novidadesdeensino6.beep.com/dicas-maravilha-do-lar-2018-07-03.htm?nocache=1530615099 isso as vantagens e desvantagens em comprar um domínio respectivo, uma dica significativo: se você tem a intenção de fazer isto, faça-o o quanto antes. Digo isto por 2 motivos: 1. O primeiro porquê é simples: quanto mais tempo você demorar pra mostrar teu domínio, superior a chance dele não estar disponível.


Nada evita que outra pessoa o registre antes. 2. O segundo e mais essencial: quanto mais você aguardar, mais você ficará popular pelo teu endereço velho, em tão alto grau pelo Google quanto pelos seus visitantes. http://sermaisfeliznovidades2.affiliatblogger.com/14703043/cadastro-google-e-word-press como mais links existirão na internet com o seu endereço antigo. Ao variar, muito disso será perdido.


Isto será detalhado abaixo. Portanto, reforço: quanto antes você mudar, pequeno será o teu “prejuízo”, por deste modo falar. http://cuidandodevocenovidades9.blog2learn.com/14596483/como-gerar-um-email-no-gmail meu caso específico, fiz a migração depois com 3 meses de vida do web site, e de imediato estou tendo bastante trabalho pra fazer os ajustes necessários. 30 por ano e existem soluções ainda mais baratas que esta. É realmente um valor muito miúdo a ser pago em visibilidade das vantagens que isso traz.


Todavia, nem tudo são flores. Se você de imediato possui seu web site há um tempo, prontamente precisa ter o seu endereço atual espalhado por imensos locais. http://tudopradetonajogos7.blog5.net/14863523/youtube-muda-regras-e-dificulta-monetiza-o-de-videos casos, você poderá destinar-se até esses locais e mudar endereço pro novo domínio. Em outros, isso é impensável de ser feito.


Assim, insisti no começo nesse texto que a decisão de se migrar para um domínio próprio deve ser feita o quanto antes. O que você perde: 1. PageRank: Este podes ser o ponto mais dolorido do método. No momento em que você muda o domínio, teu PageRank é zerado visto que, pro Google, trata-se de um novo blog. Se você não entende do que estou comentando, leia os postagens Atualização do PageRank do Google e Nova atualização do PageRank do Google.




  • 8 Ebooks Gratuitos para Blogueiras e Empreendedoras

  • Organizando e decorando

  • Cone Menor - 9cm alt X 11 larg

  • 20° Recinto: eCGlobal

  • Mayza disse

  • Afiliados PAG - Extenso Lançamento Para o Mês De Abril De 2018

  • três - Acrescentamento do alcance do network da organização

  • Descompactar o WordPress no servidor



2. Páginas indexadas nas ferramentas de busca: Outro ponto de vasto choque. http://emagrecanet32.soup.io/post/659530654/Como-Postar-Imagem-Inteira-No-Instagram-Sem se tratar de “um novo site”, inicialmente seus artigos anteriores não aparecerão nas ferramentas de procura no novo endereço, entretanto continuarão sendo mostradas com o endereço velho nos resultados das buscas. No meu caso, decidi conservar o website hospedado no Blogger. Em vista disso, quando alguém acessa o endereço antigo, aparece uma mensagem como a abaixo (assustadora, a propósito) redirecionando o visitante pra nova página. No entanto, vários deles não clicam no “Sim”. A resultância é uma perda drástica no número de visitantes nos primeiros dias.3.


Comentários em outros web sites: Como eu alegou no postagem Divulgando seu site: Comentários em outros websites, os comentários em outros blogs são uma forma produtivo para publicar seu blog. Com a modificação de endereço, os comentários que você agora escreveu continuarão a apontar para o endereço velho e passarão pela mesma situação que citei acima. Esses três itens são os pontos que não podem ser mudados. Realmente compensa migrar? Depois de ler tudo isto, você tem que estar se perguntando: realmente compensa migrar para um domínio respectivo, mesmo com tantas desvantagens? Minha resposta é: sim, na maioria dos casos. Caso você tenha seu web site há pouco tempo (menos de 6 meses) e um PageRank abaixo de 4, as desvantagens que citei serão compensadas no médio/comprido tempo.


Você irá sofrer com a queda inicial nas visitas e no PageRank, mas verá que esses números serão alcançados e ultrapassados com o tempo. Caso você tenha o site há mais tempo e um PageRank grande, cabe a você avaliar os prós e contras e tomar sua decisão. Nesse caso, o tempo pra atingir o mesmo patamar será mais extenso. Isso é interessante pra evitar que seus visitantes ou assinantes do feed atual não o “percam de vista”. Com esta introdução, espero ter dado a vocês as informações necessárias pra avaliar se realmente compensa ou não ter o teu respectivo domínio. No artigo Tutorial completo para domínio respectivo no Blogger, atualizado em setembro/2012, mostrarei o prometido “passo a passo” pra fazer a migração.


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *